PMAP

Polícia Militar do Estado do Amapá

Acessibilidade: A+ A() A-
Brasão da Polícia Militar

Brasão da Polícia Militar

 

O Brasão das Armas da Polícia Militar do Estado do Amapá é representado por um escudo português dividido em quatro partes iguais que homenageia os desbravadores que colonizaram o Amapá e edificaram a Fortaleza de São José para proteger suas fronteiras das incursões dos franceses.

 

Sobre o escudo está o mural da Fortaleza de São José de Macapá que representa a guarda de nossa história, a proteção e a vigilância incessante para a manutenção da paz de nosso setentrião pátrio e ainda homenageia o primeiro comando onde foi instalada a extinta Guarda Territorial, responsável pela segurança pública e precursora da Polícia Militar do Amapá.

 

A representação geográfica do nosso Estado, em prata e à direita do brasão, além de representar nosso ente federativo, significa pureza, integridade, firmeza e obediência, representando a paz social que é o objetivo constante da Polícia Militar do Amapá.

 

O vermelho no canto superior direito significa vitória, fortaleza e ousadia e representa o sacrifício de todos os integrantes da Corporação que deram sua vida pela proteção da sociedade e manutenção da ordem pública. Também homenageia uma das cores do primeiro uniforme de nossa precursora e saudosa Guarda Territorial.

 

A estrela de cinco pontas em amarelo e laranja representa a Polícia Militar do Amapá e sua ininterrupta presença na preservação da segurança.

 

O azul no canto superior esquerdo significa zelo, lealdade, caridade, justiça e boa reputação, em alusão ao trecho musical citado “Tu és a vida neste céu de anil...” de nossa canção e também a sua bacia hidrográfica que ocupa toda a extensão de nosso Estado igualmente protegida por nossa Corporação. O azul também homenageia uma das cores do primeiro uniforme de nossa precursora e Guarda Territorial.

 

O amarelo no canto inferior direito simboliza a caridade, o dever de servir à nossa sociedade e proteger nossas riquezas naturais, enquanto que o cinza ao seu lado significa a imparcialidade, discernimento, maturidade, iniciativa e confiabilidade da Corporação perante a sociedade amapaense e representa sua responsabilidade e compromisso institucionais com o Estado do Amapá.

A espada, desembainhada e apontada para cima, em prata com punho preto, significa prudência, astúcia, rigor e honestidade, representando a determinação e o heroísmo de Francisco Xavier da Veiga Cabral, “ o Cabralzinho”, que administrou a retirada dos invasores de nossas terras, sagrando-se, com o feito, o “Herói do Amapá”. A espada também representa a segurança no passado histórico de nosso quinhão amapaense.

 

As garruchas entrecruzadas, simbolo bélico tradicional das polícias militares, representam suas armas e a proteção de seus integrantes para preservação e manuntenção da ordem pública e sua disposição no escudo alude ao trecho de nossa canção “...sempre guardadas e defendidas pela Polícia Militar...”, bem como a segurança na história presente de nosso Estado.

 

Os ramos de louro, ladeando o escudo, simbolizam a recompensa e a honra, reservada aos que obtém a vitória, e sua cor representa nossas florestas e a responsabilidade na proteção do meio ambiente pela Polícia Militar.

 

O listel prateado destaca a identificação do brasão de nossa Instituição através dos caracteres nas extremidades “PM” e “AP” e destaca, ao centro, o ano “1943” em homenagem à data de criação da Guarda Territorial, origem da Polícia Militar deste Estado.

PMAP - Polícia Militar do Amapá
Av. FAB, 80. Fone: (96) 3084-8000
Site desenvolvido e hospedado pelo PRODAP
2015 - Licença Creative Commons 3.0 International

Amap�